Anita Vai ao Mel 79

DOWNLOAD (85 mb)

Vodpod videos no longer available.

Esta semana raridades John Maus, heads up tardios para concertos de Laurel Halo e Nathan Fake, destaque ao excelente Age Waves dos Sam Flax (na foto) e um pequeno obituário para os últimos 8 dias.

Sessão de deboche solitário para stream e download, gravado nos estúdios da Rádio Autónoma. TRACKLIST.

(É verdade, não haverá com quase toda a certeza Anita Vai ao Mel para a semana, que se adivinha com espaços de conserva. Para a outra, voltamos ao normal.)

[vimeo http://vimeo.com/41740558 w=500&h=400]

Iamamiwhoami – kill (video)

Muito aconteceu desde a ultima visita à saga da mulher de meias brancas que simplesmente nunca se sujam, mas tendo a racionar os posts sobre o projeto até por receio do Anita ganhar etiquetas de fanclub não oficial como com a outra.

Felizmente kill, o ultimo vídeo do projeto sueco encabeçado por uma muito fit Jonna Lee, é um marco a assinalar, tanto a nível dramático, como acima de tudo musical. Em Kill parece sugerir-se ora um climax a caminho de uma resolução ou o inicio da segunda metade do segundo ato, o momento em que a trama vira ao contrário e tudo o que ficou para trás se desfaz num apontamento. A canção, fortissima, partida em dois e a procurar o épico; a frontalidade com que a personagem encara a câmara – o mais perto de um videoclipe que estivemos em muito tempo -; e a revelação do que poderá ser a base de tudo isto catapultam kill ao top 10 de melhores vídeos do projeto desde o seu inicio, e revigoram a fé numa ideia que, muito por culpa dos seus fãs mais dementes, começava não encontrar um peso que equilibrasse honestamente a devoção. Venham mais.

Mina Tindle – Bells (video)

Um dos nossos favoritos de 2012 – o inspirador de todas as coisas boas Taranta da francesa Mina Tindle – tem um novo vídeo para a faixa de abertura. Mina sugere uma reinterpretação da natação sincronizada idealizada por si e pela realizadora e amiga Laurie Lassalle. Nós, que não sabemos muito bem o que isso quer dizer, gostamos dos jogos de sombras e do reflexo da luz no lombo das raias.

Anita Vai ao Mel 78

DOWNLOAD (85mb)

Vodpod videos no longer available.

Um dia mais tarde que o habitual mas aqui para o serviço. Esta semana dedicamo-nos à excelente compilação The Rough Guide to Psychedelic Africa pela World Music Network, viagem essencial ao interior do continente nos anos 60 e 70 quando as guitarras elétricas tomaram conta das salas, ignorando a ainda longínqua tempestade Vampire Weekend.

No campo das novidades “novidades”, The Tallest Man on Earth com novo single, os hubbies Oneotrix Point Never e Laurel Halo com novos lançamentos e o regresso do sempre notável Amen Dunes, com novo EP de três temas.

Entre as novidades e a mão cheia de recordações e insistências, uma hora que vai a todo o lado para uma alimentação variada, mediterrânica e saudável. Para stream e download, TRACKLIST aqui.

Laurel Halo – Quarantine (stream)

Afundem essa lâmina com orgulho, jovens adoráveis. Quarantine, de longe o álbum mais aguardado por aqui para 2012 já está disponível para stream no soundcloud da FACT, durante uma semana. Aos primeiros minutos de audição em leite de côco já se confirmam tanto o regresso ao primeiro plano da voz franca de Laurel Halo como a confiança em estruturas mais exploratórias, mas os segundos minutos já nos pedem para deixar cozer. E seguramente assim será, durante toda esta noite e o próximo dia.

Via FACT

Liars – Wixiw (A Short Film) [video]

Como krautrockers alemães enfiados em skinny jeans e perdidos no tempo, os Liars andam com medo da luz e vivem a tragédia de que a arte é muito dificil. Ou pelo menos assim pensaria o olho não treinado pelo delírio sempre ligado do trio, que podemos ver neste mini-documentário chamariz para WIXIW passeando penteados e grande sobriedade, destruindo peças de equipamento e levando uma ventoinha muito a sério.

WIXIW sai a 5 de Junho, confiram logo abaixo o primeiro single No.1 Against The Rush.

“Knock for Knock” de Antony Crook, banda sonora pelos Mogwai (video)

Os Mogwai estão para os filmes de auto-realização como o Moby para os anúncios de automóveis. Knock for Knock, filme de Antony Crook sobre as motivações fantásticas e sempre válidas da força de vontade, é um belíssimo conto de 6 minutos filmado em Tokyo e editado com trilha sonora insistente do grupo escocês. Para inspirar, e fazer sonhar com um futuro em que todo o street view do Google Maps terá banda sonora pós-rock.

Via Prefix