Owen Pallett – Live @ Webster Hall (stream)

Para quem perdeu os dois espectáculos no Maria Matos, assim como para os saudosos dessas duas noites, a NPR Music oferece para stream Owen Pallett ao vivo no Webster Hall. A actuação consiste essencialmente em temas do último Heartland, polvilhada de velhos clássicos e de algumas covers; o homem está de bom humor e o publico também. A gravação é de 22 de Abril, que é praticamente ontem, pelo que é um óptimo testemunho de como continua a digressão, estreada por cá.
É, acima de tudo, uma excelente banda sonora para uma manhã que, agora, promete.

E sim, este blog é um fansite.

Interpol – Lights

Os Interpol nunca foram banda de grandes demonstrações, mesmo quando atingiram o status de banda esgota-sítios. É por isso que cai tão bem a oferta no seu site de Lights, um tema bem interessante que serve de confirmação que o novo álbum está para breve. Lights é Interpol entre a rudeza do primeiro álbum e a masturbação mental do ultimo, o que potencia audição em repeat por aqui. Confiram no site da banda (receberão por mail).

Por enquanto, fica o aperitivo. Pela foto que escolheram para o vídeo, parece que não compensa ser alto, no youtube.

Crystal Castles – Suffocation (take 2)

Fiquei mui triste quando foi retirado do youtube o vídeo que adornava o ultimo post sobre os Crystal Castles. Felizmente, algum santo pensou o óbvio e agiu sobre ele, com belíssimos efeitos. Esta é Suffocation, do melhor de Crystal Castles (o album), com imagens de Blade Runner. Enjoy.

Update: Noooooooooooooooooo!!!!!

Anita Vai ao Mel 0.3

Taxa 10,50 % ?????

Irrequieta a Anita, enquanto luto com a Simulação no site das Finanças. Sinto que há um departamento do Estado com a função específica de inventar regras no momento para justificar tributar-me para além do previsto.

Entre o arremessar de objectos, criou-se uma colecção bem saudável de musica para vocês, esta semana. As novidades são algumas, com espaço para alguns clássicos e algumas certezas. O destaque vai para o novo Ariel Pink – Before Today – a sair oficialmente a 8 de Junho pela 4AD, conjunto estupendo de canções da velha guarda, o mais maduro que se pode arranjar de Ariel Pink e seus Haunted Graffiti.

A outra novidade fundamental aqui pelo Anita é o novo Crystal Castles que entre as Ladies Gaga e Tron vão continuando o seu propósito de destruir famílias por dentro, através da fúria adolescente. Aqui ouvimos Baptism, com Ethan Kath a arrastar-nos à pista, para termos Alex Glass a gritar connosco o tempo todo. Clássico Crystal Castles para aquele que é, ironicamente ou não, o seu álbum  homónimo.

Pelo meio temos espaço para dois ovnis, a nova dos Blur – lançada a propósito do Record Store Day – e uma semi-raridade dos Of Montreal para o semi-raro Deflated Chime, Foals Slightly de 2006. Recordam-se Heróis do Anita como Caribou e MGMT e pontua-se a coisa com os Modern Lovers, a deprimirem enfermeiros em 1976.

Desfrutem da selecção para esta semana e digam coisas caso algo neste podcast vos revolte mais que as regras do Estatuto de Outros Prestadores de Serviços me revoltam a mim. Boa sorte com isso.

Download Anita Vai ao Mel 0.3 ou stream em baixo.

1.Ariel Pink’s Haunted Graffiti – Round and Round

2.Blur – Fool’s Day

3.Tame Impala – Runway, Houses, City, Clouds

4.Caribou – Sun

5.Crystal Castles – Baptism

6.Cold Cave – Life Magazine (Arthur Baker RMX)

7.The Modern Lovers – Hospital

8.Ariel Pink’s Haunted Graffiti – Menopause Man

9.Deer Tick – 20 Miles

10.Of Montreal – Noir Blues To Tinnatus

11.MGMT – I Found a Whistle

ZÁS!!

Crystal Castles – Suffocation

Em dia de entrega de declarações de IRS, Suffocation é um escape desesperado aos erros das simulações. É também um dos grandes momentos do belíssimo regresso dos Crystal Castles aos discos, o homónimo Crystal Castles. Um excitante exercício de fúria gay a prometer uma queima definitiva das fitas, já a 2 de Maio,  no Porto.

Ariel Pink’s Haunted Graffiti – Beverly Kills (video)

A paixão da semana parece recair sobre o regresso de Ariel Pink´s Haunted Graffiti. Apesar de ser um bicho do lo-fi, talvez dos projectos mais extremos nesta categoria, Ariel sempre teve ouvido para a pop mais orelhuda, para o sing-along por entre o absoluto caos.

Este ultimo Before Today é isso mesmo, mas sem o barulho corrosivo. Uma extraordinária colecção de canções pop – cheia de referências sonoras a David Bowie na sua fase berlinense – que promete ser o seu grande sucesso, a todos os niveis. Ter-se-á acabado a sua fase Zé dos Bois? Parece-me que é direitinho para a Casa da Musica/CCB….

Entretanto fica o vídeo que alguém criou para a mui freaky mas simplesmente apetitosa Beverly Kills. O vídeo só dura cerca de um minuto, mas a musica continua.

No mp3… Jésus Va à La Casa de Brujas (witchtape)

Anda aí gente a querer-me converter.

Como Mixtape#2, o jesusavecpasdespantalons propõs-se a oferecer uma viagem pelo território surpreendentemente fecundo do witch house, como lhe chamam. Surpreendentemente porque, apesar dos SALEM serem favoritos por aqui, ignorava existir todo um movimento dedicado a este shoegaze negro para noites de Lua Cheia urbana.

Ora se a intenção seria boa, o resultado é delicioso.

Claramente inspirado pelo Cão, jesusavecpasdespantalons reuniu uma colecção que, metendo respeito e criando aquela atmosfera, nunca deprime e até embala. O resultado é uma viagem segura pelos caminhos de que os nossos pais nos avisaram, como uma Capuchinho Vermelho a levar a comida à avó, ao volante do seu carro blindado.

A conferir a witchtape, agora ou mais à noite, no site do bicho.